O ADUS

Nosso sonho começou em 2010, com três amigos e um só objetivo: ajudar os refugiados na construção de uma nova vida, em um país tão distante e diferente de onde vieram.

Por que trabalhamos com refugiados? Porque eles são seres humanos. E, para nós, não importa de onde vem, aonde nasceram, aonde viviam. O importante é que eles precisam de ajuda, e para isso dedicamos nosso trabalho.

Quem são os refugiados? São pessoas comuns (homens, mulheres e crianças) que foram forçadas a abandonar seus lares em razão de conflitos armados, violência generalizada, perseguições religiosas ou por motivo de nacionalidade, raça, grupo social e opinião política. Eles buscam refúgio em outros países para reconstruir suas vidas com dignidade, justiça e paz. Quem nós atendemos? Só em 2017 nós atendemos cerca de 1.400 pessoas, vindas de 61 países. Entre eles, Venezuela, Haiti, Síria, e diversos países da África.

Como nós os ajudamos? Temos várias ações, mas nossos principais projetos são Ensino de Português e Trabalho & Renda.

A fluência na língua portuguesa é fundamental para que eles possam se reintegrar mais facilmente. Sem falar a língua, seria muito mais difícil arrumar um emprego, fazer um curso ou uma capacitação, alugar um imóvel, enfim, tudo que é necessário para uma vida digna e segura.

Nós também buscamos oportunidades de trabalho em empresas, escolas, restaurantes, etc. Essa inserção no mercado de trabalho inclui uma prospecção por vagas, capacitações tanto para as empresas como para os refugiados e um acompanhamento sério durante o período de adaptação ao trabalho.

Como o Adus se mantém? Todos nossos projetos são possíveis graças às doações de pessoas físicas ou jurídicas, além de eventos que realizamos. E também contamos com a dedicação de mais de 100 voluntários. Precisamos do seu apoio para que mais e mais homens, mulheres e crianças tenham acesso às coisas mais básicas da vida, como moradia, alimentação, e acima de tudo, um trabalho digno.

Venha você também fazer parte dessa missão!!!

Para ajudar criando sua própria campanha, entre em contato com: coletivo@adus.org.br